Seminário Internacional Economia Política do Turismo

De 26 a 31 de outubro de 2019 em São Paulo, o Departamento de Geografia (DG) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP) e a IGU Tourism Comission da International Geographical Union (IGU) realizam o "Seminário Internacional Economia Política do Turismo". O evento tem como premissa a ideia de que o turismo se revela, objetivamente, no interior do processo social e histórico, conflituoso e contraditório da produção do espaço. A proposta do evento é  desvelar os sentidos do turismo por meio de uma abordagem fundada na economia política como caminho analítico que se faz necessário quando se busca compreender as entranhas de sua inserção no mundo contemporâneo, considerando os processos de mundialização dos mercados, de avanço de políticas neoliberais, de concentração e centralização do capital, de financeirização da economia, de produção de uma urbanização, com os quais o turismo coexiste numa relação dialética.

No plano da prática social, eivada de significados culturais, o turismo impacta a vida cotidiana através da apropriação da cultura e do espaço tornado mercadoria. No plano econômico, encontra-se entre as atividades com maiores possibilidades de impactar positivamente os PIBs como momento de superação da crise do regime fordista. No plano político, apresenta-se como estratégia para a realização da acumulação. O turismo, por fim, aprofunda, no seu processo de desenvolvimento no século XXI, diferentes escalas geográficas, de forma contraditória, por meio do movimento de pessoas e de capitais.

 

Eixos temáticos:

 

1. Estado, políticas públicas e a produção do espaço para o turismo

A despeito das transformações profundas promovidas pelo avanço do neoliberalismo, os Estados mantiveram seu protagonismo no processo social e histórico de produção do espaço. Como diferentes Estados-nação têm atuado para promover o desenvolvimento do turismo e como essa atuação se revela na/pela produção do espaço?

 

2. Financeirização da economia e turismo

O modo de produção capitalista vive um momento em que a financeirização tornou-se estruturante do processo de reprodução do capital, atingindo, de forma distinta, as diferentes atividades econômicas, entre as quais o turismo. De que modo a financeirização da economia tem interferido no desenvolvimento do turismo e de que maneira o turismo, dialeticamente, colabora para sua reprodução?

 

3. O turismo na sociedade urbana hoje

A urbanização da sociedade generaliza-se, diferenciando-se e guardando, todavia, as particularidades regionais e locais. Analisar a relação entre processos de urbanização e desenvolvimento do turismo considerando diferentes lugares no mundo é o desafio analítico a que se propõe este Eixo. Como se dá, na atualidade, a relação urbanização-turismo/turismo-urbanização?

 

4. A cultura como álibi e a mercantilização do espaço do turismo

A proteção dos patrimônios natural e cultural liga-se, historicamente, à promoção de seu uso e sua apropriação pelo turismo numa perspectiva do consumo das particularidades do espaço, em sentido amplo. Quais as estratégias que tornam os patrimônios natural e cultural mercadoria para o consumo turístico?

 

5. Empresas turísticas e mercantilização do espaço

O “mundo do turismo” diz respeito a um amplo universo de empresas que direta e indiretamente participam do processo de reprodução da atividade ao longo do tempo, como é o caso de empresas de agenciamento/operação de viagens e de hospedagem, assim como empresas de cruzeiros marítimos. Qual o papel desempenhado por grandes corporações multi e trans-nacionais do setor turístico nos arranjos espaciais assumidos pela atividade em diferentes escalas?

 

6. As contradições do mundo do trabalho no turismo

O mundo do trabalho vem passando, nas últimas décadas, por profundas transformações em uma escala global, sendo, todavia, necessário considerar as particularidades de cada nação-Estado. Aspectos regulatórios compõem este debate, mas não esgotam a questão, que abarca processos históricos mais gerais como precarização e terceirização, entre outros. Como se organiza, na atualidade, o trabalho no turismo, considerando suas principais características?

 

PROGRAMAÇÃO GERAL

 

26 e 27/10/2019 – Trabalhos de Campo

Trabalho de Campo 1: As centralidades da cidade de São Paulo e as geografias do turismo no espaço urbano – domingo, dia 27

Trabalho de Campo 2: Turismo e urbanização litorânea (Bertioga/Riviera de São Lourenço) – sábado, dia 26

Trabalho de Campo 3: Turismo em Unidades de Conservação (Floresta Atlântica e Serra do Mar) – sábado e domingo, dias 26 e 27

 

28/10/2019 – Dia Livre

 

29/10/2019 (Terça-feira/Martes/Tuesday)

8h30 – 18h00: Credenciamento

9h00 – 10h00: Cerimônia de Abertura Oficial do Encontro

10h00 – 12h00: Palestra de Abertura (seguida de debate):

“Turismo, produção do espaço e cotidiano” (Profa. Dra. Ana Fani Alessandri Carlos)

12h00 – 14h00: Almoço

14h00 – 16h30: Mesa Redonda 1 (docentes convidados)

16h30 - 17h00: Coffee Break

17h00 - 19h30: Sessões Temáticas (o número de sessões dependerá do numero de trabalhos inscritos e aprovados)

19h30: Coquetel (recepção de boas vindas aos participantes)

 

30/10/2019 (Quarta-feira/Martes/Wednesday)

9h30 – 12h00: Sessões Temáticas

12h00 – 14h00: Almoço

14h00 – 16h30: Mesa Redonda 2 (docentes convidados)

16h30 – 17h00: Coffee Break

17h00 – 19h30: Sessões Temáticas

 

31/10/2019 (Quinta-feira/Jueves/Thursday)

9h30 – 12h00: Sessões Temáticas

12h00 – 14h00: Almoço

14h00 – 16h30: Sessões Temáticas

16h30 – 17h00: Coffee Break

17h00 – 19h00: Debate sobre os temas levantados nas mesas e abertura para a pesquisa (Toda sessão temática contará com a presença de um professor ou pesquisador que se encarregará de sintetizar as respostas às questões norteadoras para o debate e compartilhará o resultado nesta sessão final)

 

Resumos:

 

A apresentação de trabalho neste evento está condicionada à aprovação de Resumo conforme normas descritas a seguir:

1. Será admitida a apresentação de apenas um trabalho por pessoa. O resumo poderá ser redigido em português, espanhol ou inglês. Os resumos em português e espanhol deverão trazer, também, sua versão em inglês.

2. O resumo do trabalho a ser apresentado deverá conter: titulo, nome do autor, filiação institucional e respectivo país. O proponente deverá também indicar o Eixo temático ao qual se adéqua o seu resumo. Alem disso, deverá apresentar o tema e o objeto, o problema de pesquisa, o(s) objetivo(s) e os resultados alcançados de forma clara. O resumo deverá ter, no mínimo 6000 caracteres com espaço (aproximadamente 3 páginas) e, no máximo 10000 caracteres com espaço, considerando letra tipo Times New Roman 12, espaçamento 1,5. Ao submeter um resumo ao evento, você garante aos organizadores o direito de publicá-lo no livro de resumos do Seminário e a divulgá-lo eletronicamente.

3. A data limite para envio de resumo é 1 de maio de 2019, 23h59 horário de Brasília. Não haverá prorrogação deste prazo e não serão admitidas exceções após esta data.

4. A divulgação do resultado da avaliação dos resumos será feita até o dia 20 de maio de 2019.

5. A apresentação de trabalho no evento está condicionada à aprovação do resumo pela Comissão Científica e ao pagamento da taxa de inscrição até o dia 20 de agosto de 2019.

 

Comissão Coordenadora do evento:

 

Coordenação Geral:

Profa. Dra. Rita de Cássia Ariza da Cruz

 

Coordenação Adjunta:

Ana Fani Alessandri Carlos

Isabel Alvarez

Hervé Théry

Regina Almeida

Reinaldo Machado

 

Secretaria Geral:

Clenes Louzeiro

 

Pós-doutorando

Eudes Leopoldo

 

Comissão Científica (Brasil):

Ana Fani Alessandri Carlos (USP)

Isabel Alvarez (USP)

Rita de Cássia Ariza da Cruz (USP)

Hervé Théry (USP)

Regina Almeida (USP)

Reinaldo Machado (USP)

Maria Goretti Tavares (UFPA)

Maria Tereza Paes (Unicamp)

Davis Gruber Sansolo (UNESP)

 

Comissão Científica (Estrangeiros):

Em breve

 

Valores e inscrições:

Em breve maiores detalhes

 

PERÍODO

DIA 1*

(29/10/2019)

DIA 2

(30/10/2019)

DIA 3

(31/10/2019)

MANHÃ

Cerimônia de Abertura:

9h00 – 10h00

Conferência de Abertura:

10h00 – 12h00

Sessões Temáticas:

9h30 – 12h00

Sessões Temáticas:

9h30 – 12h00

ALMOÇO

12h00 – 14h00

12h00 – 14h00

12h00 – 14h00

TARDE

Mesa Redonda 1:

14h00 – 16h30

 

Coffee Break:

16h30 – 17h00

 

Sessões Temáticas:

17h00 – 19h30

Mesa Redonda 2:

14h00 – 16h30

 

Coffee Break:

16h30 – 17h00

 

Sessões Temáticas:

17h00 – 19h30

Sessões Temáticas:

14h00 – 16h30

 

Coffee Break:

16h30 – 17h00

 

Mesa de Debate de Encerramento:

17h00 – 19h30

NOITE

Coquetel:

19h30 – 21h00

_____

______

* Credenciamento somente no primeiro dia (29/10/2019), das 8h30 às 18h00.